NOTÍCIAS

FALTA DE MERENDA INQUIETA ALUNOS DA ESCOLA DR.FREITAS


A escassez de merenda escolar, em uma das mais antigas e tradicionais escolas de Belém, foi objeto de pedido de providências por parte do dep. Ozório Juvenil.

Preocupado com a situação que afeta, sobremaneira, o próprio rendimento escolar, o parlamentar solicitou providências por parte da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) sobre a falta de merenda na Escola Estadual Dr. Freitas, situada no município de Belém.

A importância da alimentação já foi comprovada em inúmeros estudos e pesquisas. O próprio Ministério da Saúde, em 2008, citou em seu site um trabalho da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), publicado em 2003, que apontava que, para 50% dos alunos da região Nordeste, a alimentação escolar era considerada a principal refeição do dia. Já na região Norte este índice chegava a 56%. Porém, sabe-se que a má qualidade da alimentação nas escolas é o que mais compromete a segurança alimentar da população jovem brasileira.

A merenda escolar se inclui no atendimento social ao estudante e, de certa forma, complementa a alimentação, mantendo assim condições mínimas para o aprendizado eficiente, o qual - sabemos - não depende apenas da dedicação e zelo dos professores, mas se inscreve também nas condições de saúde do educando, para a qual muito contribui a alimentação adequada.

Acesso o projeto na íntegra: Moção N° 253/2016 - Solicita providência sobre a falta de merenda Escolar


Cadastre-se e receba a nossa NEWSLETTER.

Nome:
Email:
Telefone:
Município:
Nascimento:
© Desenvolvido por: